Criando Nossas Próprias Realidades

As nossas verdades pessoais são as nossas crenças – e as nossas crenças são o que usamos para fazer as nossas escolhas e decisões. Isto, por sua vez, desempenha um grande papel na criação da nossa própria realidade.

A nossa verdade é a nossa crença e se essa crença é que não somos merecedores de nenhum “bem”, que somos inúteis, estúpidos, não suficientemente bons etc., então essa é a nossa verdade. É aquilo em que acreditamos sobre nós próprios.

As nossas verdades e crenças são mantidas no fundo do nosso subconsciente e afectam-nos a nível da alma. Muitas vezes não são verdades e crenças que conscientemente pensamos ou reconhecemos dentro de nós mesmos; embora as vejamos e as julguemos muitas vezes nos outros.

Os atributos e comportamentos dos outros que nos incomodam e irritam são muitas vezes as nossas próprias verdades, e um reflexo do que nós próprios negamos. Reconhecemos os traços que possuímos em um nível subconsciente, e isso nos irrita.  É a nossa resposta ao reconhecimento do comportamento ou crença que temos dentro de nós.

Quando reconhecemos o que nos irrita nos outros, podemos começar a reconhecer as nossas próprias crenças negativas e medos subconscientes que entram em jogo quando criamos a nossa própria realidade. O que reconhecemos como vulnerabilidade de outra pessoa é um reflexo da nossa própria vulnerabilidade subconsciente.

Mudar as nossas crenças muda as nossas verdades pessoais, e isto, por sua vez, muda as nossas vidas.

Como seres humanos, muitas vezes inventamos muitas razões pelas quais não podemos, não queremos e não devemos mudar as nossas crenças e verdades. Isto é semelhante a estarmos presos a verdades negativas autodestrutivas que acreditamos sobre nós mesmos.

As nossas verdades e crenças podem sabotar o nosso bem-estar em todos os níveis.

Quando escolhemos mudar a crença (a nossa verdade) que está causando desarmonia (seja emocional, física ou mental), então toda a nossa visão muda juntamente com ela, criando a nossa própria realidade para se adequar às mudanças positivas.

Uma vez alcançada a autoconsciência e uma verdadeira compreensão de nós mesmos, somos capazes de mudar a nossa autoconfiança e verdades internas.

Pode ser tão simples quanto decidir que não queremos mais estar mal (de qualquer forma). Uma vez que tomamos essa decisão, nossas verdades podem ser mudadas e então somos capazes de manifestar e criar nosso próprio bem-estar, com efeito, criando nossa própria realidade.

Muitas crenças negativas inválidas ancoram-se nas nossas mentes subconscientes após uma experiência traumática e/ou reforço por outros. Fazendo algum trabalho interior e reconhecendo as nossas verdades e crenças, somos capazes de mudar a nossa realidade.

Mudando a crença e assumindo o controle de nossas verdades interiores, somos capazes de curar a nós mesmos e nossas vidas e criar bem-estar em todos os níveis. Quando fazemos a conexão entre o que sentimos, o que pensamos, o que acreditamos dentro de nós e o que estamos manifestando em nossas vidas, participamos plenamente na criação de nossa própria realidade.

Amar a nós mesmos é a coisa mais importante que podemos fazer e, na maioria das vezes, é algo que esquecemos.

Criar nossa própria realidade é fortalecedor; mas precisamos garantir que a realidade que criamos para nós mesmos seja positiva.

*
Joanne Walmsley
Sacred Scribes

Fonte: http://psychicjoanne.blogspot.com/2015/04/creating-our-own-realities.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s