OS CHAKRAS E A AURA

Os chakras são vórtices de energia que ligam o corpo físico aos corpos de energia sutis (*) e influenciam aspectos específicos da vida e a fisiologia. Eles se conectam a vários órgãos e sistemas do corpo e, quando estão em desequilíbrio ou bloqueados, podem causar desequilíbrios energéticos que, se não forem tratados, podem causar doenças físicas.

Os chakras estão associados a determinadas cores “tradicionais”, mas esse é um acréscimo recente em comparação à sabedoria do cristal, e o mais importante é encontrar os cristais apropriados para suas necessidades individuais, em vez de seguir qualquer tabela de associações de cores. Você pode criar grades para os chakras posicionando cristais nos chakras e pedras angulares nos pés. Grades como a Árvore da Vida ou a lemniscata ( o símbolo do Infinito) são excelentes para equilibrar os chakras.

PORTAL DE GAIA

Posição: vários centímetros abaixo dos pés.

Influência: Promove a conexão planetária e ancora a luz. Bloqueios levam uma extrema sensibilidade às mudanças na Terra e à susceptibilidadeao estresse geopático e eletromagnético. Encarnar e viver num corpo físico é desafiador quando o chakra do Portal de Gaia está fora de equilíbrio. Você pode não se sentir à vontade no seu corpo físico ou pode sentir outro tipo de desconforto, como uma sensação de não pertencer a este planeta. Também pode se sentir instável em períodos de mudança energética.

Fisiologia: O corpo sutil espiritual e a alma

Indisposições típicas: Incapacidade de assimilar mudanças energéticas e ancorar a energia kundalini e a consciência superior pode causar sintomas variados de indisposição.

ESTRELA DA TERRA

Posição: Abaixo dos pés.

Influência: Realidade cotidiana e fundamentada na terra. Desequilíbrios ou bloqueios levam a desconforto físico, sentimentos de impotência e incapacidade de ser prático ou realizar tarefas práticas na vida, como tomar banho, pagar aluguel e cuidar dos filhos. Desequilíbrios criam fatores ambientais adversos, como o estresse geopático e poluentes tóxicos.

Fisiologia: Sistema físico, sistemas elétrico e de meridianos, nervo ciático e órgãos sensoriais.

Indisposições típicas: Distúrbios musculares, transtornos psiquiátricos, doenças autoimunes.

JOELHOS

Posição: Horizontal, nas rótulas.

Influência: Equilíbrio e capacidade de nutrir e apoiar a si mesmo. Definir metas realistas e manifestar o que é necessário no dia a dia. Medo e sentimentos crônicos de inferioridade e consequente resultado de subserviência devido aos chakras dos Joelhos bloqueados. A alma não está ancorada no plano terrestre e, portanto, sente-se vazia. Pessoas com chakras dos Joelhos desequilibrados tem problemas constantes com autoridades, figuras de autoridade e burocracia.

Fisiologia: Cérebro, rins, coluna lombar, coração, meridianos da bexiga e do rim, nervo ciático.

Indisposições típicas: Problemas frequentes nos joelhos, artrite, água no joelho, problemas na cartilagem e nas articulações, problemas na bexiga, pés frios, doença de Osgood-Schlatter, bursite, osteoartrite, má circulação nas pernas, dor sacroilíaca, espinha lombar, cistite, distúrbios alimentares, má absorção de nutrientes, doenças renais.

BASE

Posição: Períneo

Influência: Instintos básicos de sobrevivência e problemas de segurança. Os desequilíbrios levam a distúrbios sexuais e sentimentos de estagnação, raiva, impotência, frustração e dificuldade para desapegar. A resposta de luta ou fuga constantemente em ação.

Fisiologia: Glândula suprarenal, vesícula, sistemas de eliminação, gônadas, sistema imunológico, rins, parte inferior das costas, extremidades inferiores, nervo ciático, sistema linfático, próstata, reto, sistema esquelético, veias.

Sistema endócrino: Glândula adrenal.

Indisposições típicas: Rigidez nas articulações , dor crônica na parte inferior das costas, distúrbios renais, reprodutivos ou retais, distúrbios glandulares, transtornos de personalidade e ansiedade, doenças autoimunes.

SACRO

Posição: Entre o chakra da Base e o umbigo.

Influência: Criatividade, fertilidade e aceitação de si mesmo como um poderoso ser sexual. Os desequilíbrios levam a infertilidade e bloqueiam a criatividade. “Ganchos” emocionais com outras pessoas se fazem sentir, especialmente de encontros sexuais anteriores.

Fisiologia: Vesícula biliar, bexiga e sistema eliminatório, rins, intestino grosso e delgado, região lombar e pélvica, sacro, baço, ovários, testículos, útero, apêndice.

Sistema endócrino: Ovários e testículos.

Indisposições típicas: Tóxicas e psicossomáticas, infecções, bloqueios reprodutivos, vícios distúrbios alimentares, diabetes.

DAN-TIEN

Posição: Um palmo abaixo do umbigo.

Influência: Poder e assimilação energética. Fonte de energia central, força interior, estabilidade e equilíbrio. Questões matrilineares e intrauterinas. Se o Dan-tien estiver muito aberto, a pessoa fica instável, frenética e sem energia. Quando está bloqueado, ela se sente aérea, com fraqueza e vontade fraca.

Indisposições típicas: Relacionadas à função física e utilização da energia, disfunções do sistema nervoso, doenças autoimunes, problemas cardíacos, hipertensão arterial, sobrecarga na glândula suprarrenal, fadiga crônica, encefalomielite miálgica. doença de Raynaud, mal de Parkinson, problemas digestivos, diabetes.

PLEXO SOLAR

Posição: Um palmo acima do umbigo.

Influência: Comunicação emocional e assimilação. Bloqueios levam a falta de empatia ou, se o chakra estiver muito aberto, a tomar como seus os sentimentos e problemas de outras pessoas e ficar sobrecarregado pelas emoções delas. Assimilação e utilização da energia e a concentração são deficientes. Suscetível a “ganchos” emocional de outras pessoas. Doenças como modo de expressar um histórico de repressão ou drama familiar.

Fisiologia: Glândula suprarrenal, sistema digestivo, fígado, sistema linfático, metabolismo, músculos, pâncreas, pele.

Sistema endócrino: Pâncreas.

Indisposições típicas: Excesso de emotividade, exigência, encefalomielite miálgica, desequilíbrios na adrenalina na reação de “luta ou fuga”, insônia e ansiedade crônicas, problemas de pele, distúrbios alimentares e fobias.

SEMENTE DO CORAÇÃO

Posição: Base do esterno

Influência: Lembranças da alma. Se bloqueado, o propósito espiritual é esquecido; a pessoa se sente sem raízes, desconectada. Funcionando bem, há consciência do motivo da encarnação e o sentimento de conexão com o plano divino.

Indisposições típicas: Psicoespirituais, não físicas.

CORAÇÃO

Posição: Centro do tórax

Influência: Amor e nutrição. Se bloqueado, a pessoa não pode vicejar. Sentimentos como o ciúme são comuns, assim como uma enorme resistência à mudança.

Fisiologia: Peito, circulação, coração, pulmões, ombros, timo, sistema respiratório

Indisposições típicas: Psicossomáticas e reativas, ataques cardíacos, angina, problemas respiratórios, asma, capsulite adesiva, úlceras.

CORAÇÃO SUPERIOR (TIMO)

Posição: Entre a base do esterno e a garganta.

Influência: Compaixão e imunidade. Se bloqueado, o indivíduo pode ser emocionalmente carente e incapaz de expressar sentimentos abertamente, demonstrar amor incondicional e fazer o bem ao próximo.

Fisiologia: Sistema imunológico psíquico e físico, glândula timo, sistema linfático, órgãos de eliminação e purificação.

Sistema endócrino: Timo.

Indisposições típicas: Deficiências imunológicas, arteriosclerose, infecções virais, zumbido no ouvido ou na cabeça, eplepsia.

ESPLÊNICO:

Posição: Abaixo da axila esquerda.

Influência: Autoafirmação e empoderamento. Os vampiros psíquicos se ligam a esse chakra para sugar energia. Se desiquilibrado, podem surgir problemas de raiva ou irritação constante, ou doenças autoimunes. Se muito aberto, outras pessoas podem sugar a energia da pessoa, causando depleção no nível imunológico.

Sistema endócrino: Pâncreas.

Indisposições típicas: Esgotamento, letargia, anemia, baixo nível de glicose no sangue.

GARGANTA

Posição: Sobre a garganta física.

Influência: Comunicação e autoexpressão. Se bloqueado, os pensamentos e sentimentos não podem ser verbalizados e nem a verdade, expressa. Opiniões de outras pessoas causam dificuldades.

Fisiologia: Ouvidos, nariz, sistema respiratório e nervoso, seios nasais, pele, garganta, tireoide, paratireoide, língua, amígdalas, fala e linguagem corporal, metabolismo.

Sistema endócrino: Tireoide/paratireoide.

Indisposições típicas: Dor de garganta/abscesso peritonsilar, inflamação na traqueia e nos seios nasais, resfriados constantes e infecções virais, zumbido e infecções no ouvido, dor no maxilar e doença nas gengivas, problemas nos dentes, desequilíbrios na tireoide, hipertensão arterial, transtorno de déficit de atenção/hiperatividade, autismo, afasia, doenças psicossomáticas, como intestino irritável.

TERCEIRO OLHO

Posição: Acima e entre as sobrancelhas.

Influência: Intuição e conexão mental. Os desequilíbrios permitem que a pessoa seja bombardeada pelos pensamentos alheios ou tenha ideias irracionais. Controle ou “ganchos” mentais coercivos de outras pessoas.

Fisiologia: Cérebros, ouvidos, olhos, sistemas neurológicos e endócrinos, glândulas pineal e pituitária, hipotálamo, produção de serotonina e melatonina, controle de temperatura, couro cabeludo, seios nasais.

Sistema endócrino: Hipotálamo, glândula pituitária, medula oblongata.

Indisposições típicas: Enxaqueca, agitação mental, esquizofrenia, catarata, uveíte e problemas oculares, epilepsia, autismo, distúrbios espinhais e neurológicos, sinusite e infecções nos ouvido, hipertensão arterial, “irritações” de todos os tipos.

SOMA

Posição: Na linha do cabelo, acima do Terceiro Olho.

Influência: Conexão entre a alma e o corpo, a âncora que mantém os corpos de energia sutis em contato com o eu físico durante experiências fora do corpo. Quando ativado, o chakra do Soma abre a consciência mediúnica. Quando esse chakra está aberto, é difícil manter os corpos de energia sutis ancorados no domínio físico. Isso pode causar experiências espontâneas fora do corpo, delírios incontroláveis e frenéticos ou energia incontrolável.

Indisposições típicas: Autismo e desconexão ou dispraxia; pode incluir Síndrome de Down, autismo e TDAH; fadiga crônica, estados delirantes, problemas nos seios nasais ou nos olhos, enxaquecas, dores de cabeça devido ao estresse, dificuldades digestivas.

VIDAS PASSADAS

Posição: Atrás das orelhas e ao longo do sulco ósseo que vai até o topo da coluna vertebral.

Influência: Memória e questões hereditárias. Desequilíbrios ligados ao passado e que impedem a pessoa de avançar, repetindo padrões de outras vidas ou ancestrais. Apego a pessoas do passado ou sofrer o controle dessas pessoas.

Fisiologia: Plano Kármico e corpos etéricos.

Indisposições típicas: Doenças crônicas, deficiências imunológicas ou endócrinas, deficiências genéticas ou físicas.

COROA

Posição: Topo da cabeça.

Influência: Comunicação espiritual e conscientização. Se bloqueado, tentativas para controlar os outros são comuns; se o tempo todo aberto, obsessão e suscetibilidade à interferência espiritual ou possessão. Quando desequilibrado, excesso de sensibilidade ambiental e delírios ou demência.

Fisiologia: Cérebro, sistema nervoso central, cabelo, hipotálamo, glândula pituitária, coluna vertebral, corpos de energia sutis, cerebelo, controle do sistema nervoso, postura e equilíbrio.

Sistema endócrino: Pineal.

Indisposições típicas: Síndrome metabólica, incômodos sem causa conhecida, distúrbios do sistema nervoso, sensibilidade eletromagnética e ambiental, depressão, demência, encefalomielite miálgica, insônia ou sonolência excessiva, distúrbios do “relógio biológico”.

ESTRELA DA ALMA

Posição: Entre os pés ou acima do chakra da Coroa.

Influência: Conexão com a alma e iluminação espiritual. Se bloqueado ou aberto, ocorre a fragmentação da alma (quando parte da alma permanece “presa” num trauma não resolvido, ou por causa dele, e há uma sensação de que algo está “faltando” no sentido espiritual. Uma parte da alma pode permanecer presa em outra vida ou num trauma passado – não importa há quanto tempo o trauma tenha ocorrido). Pode ocorrer arrogância espiritual, complexo messiânico ou suscetibilidade à invasão de entidades “alienígenas”.

Fisiologia: Corpos de energia sutis.

Indisposições típicas: Espirituais, não físicas.

PORTAL ESTELAR

Posição: Trinta centímetros ou mais acima do Estrela da Alma.

Influência: Portal cósmico. Acesso à consciência cósmica. Se bloqueado ou aberto, o indivíduo pode tornar-se delirante e entrar em contato com entidades negativas de baixo nível (espíritos maliciosos ou zombeteiros, que ficam muito próximo do plano terrestre, ou outros tipos de seres astrais, incluindo formas-pensamento e afins), disseminando a desinformação espiritual.

Fisiologia: Corpos de energia sutis.

Indisposições típicas: Espirituais, não físicas.

VÓRTICE CAUSAL (GALÁCTICO)

Posição: Acima da cabeça, mais para o lado.

Influência: Rede cósmica e mente universal. Repositório de memórias ancestrais e kármicas. Contém os Registros Akáshicos da alma, um banco de memória astral, contendo tudo que já ocorreu ou pode ocorrer em qualquer período de tempo e dimensão. Quando bloqueadas, as capacidades mediúnicas perdem a conexão com amente consciente, mas continuam a afetar o comportamento.

Fisiologia: Esquema etérico e cármico, doenças hereditárias e cármicas, DNA e RNA.

Indisposições típicas: Hereditárias, kármicas e culturais.

ALTA -MAIOR (ASCENSÃO)

Posição: Forma de Merkabá dentro da cabeça.

Influência: Acelerando e expandindo a consciência, o plano da alma. Esse chakra contém o passado ancestral e padrões enraizados que regem a vida e a consciência humanas. Em conjunto com os chakras do Vórtice Causal e das Vidas Passadas, contém o karma da vida passada e acordos contratuais feitos com o Eu Superior e outros, antes da encarnação atual.

Fisiologia: Movimentos musculares voluntários, sistemas endócrinos sutis e físico, incluindo o hipocampo, o hipotálamo, as glândulas pineal e pituitária, função cerebral, cerebelo, medula oblongata (controle da respiração, frequência cardíaca e pressão sanguínea), equilíbrio hormonal, área occipital e nervo óptico, garganta, coluna vertebral, padrões de sono.

Indisposições típicas: Baseadas nas qualidades que a alma pretende desenvolver ou no equilíbrio do passado. Por exemplo, se uma alma teve um “coração duro” no passado, então a arteriosclerose (endurecimento das artérias) pode ocorrer. Mas, se a alma está destinada a desenvolver compaixão, uma qualidade que anteriormente lhe faltava, então a doença pode ser debilitante, como a espinha bífida ou a artrite severa, no início da vida, para que a alma saiba como é ser uma pessoa “deficiente”.

PALMAS

Posição: Nas palmas das mãos, estendendo-se para os dedos e braços.

Influência: Um fator importante na interação com o mundo exterior, os chakras das Palmas medeiam a recepção e emissão de energia.

Fisiologia: Nervos, tendões, gânglios, pele, mãos, dedos e unhas.

Indisposições típicas: Distúrbios psiquiátricos e sociais, problemas de pele.

OS CORPOS SUTIS E A AURA

O corpo físico é cercado e interpenetrado por campos de energia sutis: a chamada aura ou bainha biomagnética. Esses corpos estão ligados aos chakras, mas não são limitados por eles. Eles são esquemas ou moldes compostos de informação, impressões biomnemônicas e refugos energéticos, a partir dos quais o corpo físico é constituído e mantido. Podemos eliminar bloqueios nos chakras curando o corpo de energia sutil. O contrário também é possível: equilibrando um chakra, podemos purificar a energia sutil do corpo físico. Embora pareçam camadas ou “ondulações” ao redor do corpo físico, os sete corpos sutis na verdade se entrelaçam e se irradiam do corpo físico, dando origem a uma aura de vários centímetros. A lista a seguir é baseada na distância a que cada um dos corpos físicos se projeta do corpo físico. Quanto mais amplo é o corpo sutil, mais elevada e sutil é a sua vibração.

Corpo físico-etérico: O corpo sutil “físico”, molde ou esquema etérico, é um programa biomagnético que contém impressões de doenças, lesões e crenças de vidas passadas que se refletem na vida presente em forma de sintomas. Também possui um DNA sutil que pode ser ativado ou desativado por meio do comportamento e das crenças, que, por sua vez, afetam o DNA do corpo físico. Esse corpo sutil está conectado aos sete chakras tradicionais, de frequências mais baixa, e ao do Soma, ao das Vidas Passadas, ao Alta-Maior e ao Vórtice Causal.

Corpo emocional: o corpo emocional é composto de emoções e sentimentos, atitudes, decepções, traumas e dramas, não apenas da vida presente, mas também de vidas anteriores. O corpo emocional contém “engramas”, feixes de energia que mantém uma imagem mental de memórias profundamente traumáticas ou felizes. A doença neste corpo pode se refletir nos chakras do Plexo Solar, do Sacro e da Base, nos joelhos e nos pés, que representam inseguranças e medos. Tem uma forte conexão com o chakra Esplênico, mas também se liga ao Dan-tien e ao umbigo, no lado materno.

Corpo mental: O corpo mental é criado por pensamentos, memórias, credos e crenças arraigadas do presente e de vidas anteriores. Ele está ligado principalmente aos chakras da Garganta e da Coroa, mas pode se refletir nos chakras inferiores do corpo. Por exemplo, pensamentos e crenças tem um efeito profundo no desempenho sexual, porque é nos chakras inferiores que essas crenças inferiores que essas crenças se manifestam no mundo. Esta é a base de todas as “indisposições” psicossomáticas e, quando os “princípios superiores” entram em conflito com as necessidades básicas do corpo, o resultado é uma confusão sem fim. Este corpo guarda tudo que já foi dito ou ensinado por figuras de autoridade do passado, assim como ideologias e pontos de vista arraigados.

Corpo kármico: O corpo, molde ou esquema kármico contém a impressão de todas as vidas anteriores e o propósito da vida presente. Contem também programas mentais, impressões físicas e impressões emocionais e crenças, muitas das quais podem ser contraditórias, uma vez que surgem de experiências vividas em várias existências diferentes. Este corpo é acessado através do chakra das Vidas Passadas, o Alta-Maior e do Vórtice Causal, mas pode afetar o do Soma, dos Joelhos e da Estrela da Terra.

Corpo ancestral: Este corpo guarda tudo que foi herdado dos ancestrais de ambos os lados, materno e paterno, tanto no plano físico como nos níveis mais sutis. Isso pode incluir sagas familiares, sistemas de crença e atitudes, culturas e expectativas, traumas e dramas. Este corpo pode ser acessado através dos chakras da Estrela da Alma, do Vórtice Causal, das Vidas Passadas, o Alta-Maior, do Coração Superior, da Estrela da Terra e do Portal de Gaia.

Corpo planetário: Corpo de energia sutil que se liga ao planeta e ao corpo e meridianos etéricos da Terra. esse corpo planetário está conectado ao cosmos, aos luminares, aos planetas e corpos estelares, e ao espaço sideral: o todo mais amplo. O corpo planetário está refletido no mapa de nascimento e é acessado por meio dos chakras Alta-Maior, do Vórtice Causal, do Soma, do Portal Estelar e do Portal de Gaia. “Indisposições” cósmicas ou anímicas podem ser sanadas através do corpo sutil planetário.

Corpo espiritual ou corpo de luz: Campo de energia integrado, luminoso e vibrante que se compõe do corpo físico e de todos os corpos de energia sutil, além do espírito ou alma, conectados através dos chakras do Soma, da Estrela da Aalma, do Portal Estelar, do Portal de Gaia, o Alta-Maior e do Vórtice Causal. O corpo espiritual ressoa com o universo, com a mente universal e com a nossa alma ou espírito.

Fonte: O Guia Definitivo da Geometria Sagrada com Cristais – Judy Hall

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s