APRENDA A PROCESSAR A VIDA, ESPIRITUALMENTE E PSICOLOGICAMENTE – Por Dr. Joshua David Stone

Este capítulo traz outro recurso e noção muito interessante a respeito de como aquietar a mente e as emoções. É a “Ciência de Como Processar Efetivamente sua Realidade no Nível Espiritual e Psicológico”! Antes de começar esta discussão, quero definir o que é processar! Processar é um tipo de pensamento. Há diferentes tipos de pensamentos: os que vem da mente subconsciente, os que vem da mente consciente e os que vem da mente Supraconsciente. Processar é um tipo específico de pensamento da mente consciente que tem propósito de trabalhar. Espiritualmente e psicologicamente, no sentido de atingir paz interior e clareza sobre qualquer assunto.

É muito importante aprender a “processar”. Do contrário, a mente e as emoções vão ficar sempre aceleradas, como que numa montanha-russa, e a pessoa vai passar boa parte do dia em estado de confusão e conflito! É da maior importância estar sempre “Forte, Decidido, Disposto a Amar, Lúcido, em Paz Interior, Alegre e em razoável Serenidade e Estabilidade Emocional”! Temos que lutar para que seja esse o nosso estado natural! Mas surge a pergunta: o que acontece nos momentos em que não pensamos e nem nos sentimos assim? É aí que entra o “processamento” Mental e Espiritual! Ouça com atenção, pois não conheço outro livro que fale especificamente deste assunto, através desta lente de compreensão.

Em primeiro lugar, é preciso compreender que, idealmente, o estado de consciência natural é básico. O estado básico de consciência, que deve nos servir de referência, é o da consciência como centro de pura atenção. A mente está quieta. Os sentimentos e as emoções estão calmos. Instaura-se um estado de não-pensar, em que a mente se aquieta e nada acontece. É a isso que me refiro quando falo da consciência como centro de pura atenção. Esse é o nível básico e central da consciência. No entanto, neste mundo, muita gente não sabe disso e praticamente desconhece essa experiência. Em vez de ter, como referência e eu essencial, um centro de pura atenção e não-pensar, a mente sempre ativa dessa gente corre a mais de um quilômetro por minuto, no nível consciente e no nível subconsciente, sem nunca parar de pensar. Com isso, os sentimentos e as emoções estão sempre se agitando, em plena montanha-russa. Se cada um de nós tivesse, como referência e eu essencial, um centro de pura atenção e de não-pensar ao qual pudéssemos voltar, depois de cada atividade interna ou externa, nossos sentimentos e emoções seriam tranquilos.

Na verdade, há dois tipos de paz interior. O primeiro é viver nesse centro de pura atenção e não-pensamento. Ele não vem de um ponto de vista, mas da ausência de pensamentos. Esse centro é um lugar maravilhosos e tranquilo. É para atingir esse estado de não-pensamento que tantas pessoas meditam. O ideal é que ele seja a nossa referência ou estado natural de consciência. Não estou dizendo que não devemos pensar. Estou dizendo apenas, que esse estado deve ser a nossa referência, ou eu essencial, a que voltamos para nos reequilibrar e para descansar.

O segundo tipo de paz interior depende de um ponto de vista correto com relação a si mesmo e à vida. É um processo secundário porque, antes, é preciso aprender a ver a vida com a mente Espiritual, Crística e Búdica e não com a mente ego-negativa, baseada no medo e na separação.

Aprender a processar tem, como primeira meta, o uso de um certo tipo de pensamento consciente para aquietar a mente que vai poder, assim, voltar a ser um centro de pura atenção e não-pensar. É isso a nossa referência e o nosso eu essencial.

Concluído esse primeiro processo de aquietar a mente, a segunda meta é usar a mente Espiritual, Crística e Búdica para interpretar tudo o que acontece em nós mesmos, na nossa vida e nos nossos relacionamentos. Isso nos permite manter um estado de Poder Pessoal, Amor Incondicional, Imparcialidade, Felicidade, Alegria, Paz Interior e Serenidade, para citar apenas as mais importantes qualidades Espirituais, Crísticas e Búdicas.

É muito importante saber como é importante que a consciência seja um centro de pura atenção e não-pensar. Processar tem, como objetivo número um, voltar a esse ponto. Ou seja: aquietar a mente e fazer com que os pensamentos e as emoções voltem a esse lugar calmo porque, se estiverem agitados ou num lugar negativo, a mente vai ter que trabalhar demais para voltar, em primeiro lugar, ao estado de pura atenção e de não-pensar e, em segundo lugar, ao estado de paz interior e calma.

Voltar ao centro de pura atenção e não pensar é um recurso que traz uma grande paz interior. É muito tranquilo estar, simplesmente estar, num centro de pura atenção, destituído de pensamentos. Voltar a esse estado dá à mente um descanso, dá aos sentimentos e às emoções um descanso. E dá um descanso também aos órgãos e glândulas, que são afetados pelos nossos pensamentos! Essa volta ao centro de pura atenção e não-pensar é essencial para que haja paz interior e regeneração. Para atingir a paz interior e a felicidade que todos procuram, é preciso, antes de tudo, aprender a voltar a esse centro de pura atenção e não-pensar.

Aprendida essa primeira lição, a segunda é pensar e interpretar a vida com a mente Espiritual, Crística e Búdica e não com a mente ego-negativa, baseada no medo e na separação. Com isso, conseguimos manter o poder pessoal, a maestria, o amor incondicional, a felicidade, a alegria, a paz interior e a serenidade. Além disso, passamos a ser a causa da nossa realidade, a ver a vida como lições e testes Espirituais e a ter preferências em vez de apegos, para citar apenas algumas das qualidades Espirituais, Crísticas e Búdicas mais importantes.

Meu Amado Leitor, você já começou a aprender a “Ciência do Processamento Espiritual e Psicológico Eficaz”, pois já sabe quais são as duas primeiras metas desse processo!

A vida é cheia de escolhas, lições inesperadas, desafios e decisões. É da maior importância desenvolver a compreensão e os recursos Espirituais e Psicológicos que nos permitem fazer com que nosso eu retorne à paz interior o mais rápido possível! Assim, o que fazer quando você se sente confuso, negativo, conflituado, sobrecarregado, temeroso ou zangado?

Em primeiro lugar, procure se equilibrar, na consciência, por meio do processo de auto-introspecção e autoquestionamento. Examine o que está acontecendo e procure fazer os ajustes atitudinais necessários para reencontrar o seu centro e sair dos sentimentos negativos e confusos. Só que, às vezes, isso não basta. É, então, o momento de “processar”. Processar é um tipo de pensamento e de trabalho mais sério, que corrige a consciência para que ela volte ao seu espaço normalmente equilibrado e claro.

Para isso, comece a escrever ou digitar para perceber o que está acontecendo. É esse o primeiro recurso a ser usado. Se você estiver com raiva, recorra ao “Processo de Sete Passos” que apresentei neste livro: ele vai ajudá-lo a eliminar rapidamente a raiva! Se estiver com medo, ou preocupado, é bom escrever o que eu chamo de Prece Huna: uma prece escrita para DEUS e para os Mestres Ascencionados, que você diz três vezes em voz alta! Por intermédio de Edgar Cayce, a Mente Universal disse: “Para que se preocupar quando se pode rezar?” Para processar com eficácia, esse é o primeiro passo!

A Prece Huna é para casos importantes. Nos outros, reze, em silêncio ou em voz alta, pedindo a ajuda de sua Poderosa Presença Eu Sou, do Espírito Santo, dos Mestres e dos Anjos!

Peça imediatamente o “Programa de Remoção da Matriz do Medo Essencial”, capaz de remover do seu campo toda e qualquer programação ego-negativa ou baseada no medo, como se fosse um aspirador ou um jardineiro que arranca ervas daninhas do seu Chakra Coronário! Peça aos Mestres o “Tubo Dourado”, que vai remover toda a energia negativa do seu campo!

Se você estiver com a auto-estima em baixa ou não estiver se sentindo bem consigo mesmo, faça uma lista dos motivos que tem para se sentir bem! Lembre-se: seus pensamentos criam a sua realidade. O copo d´água está meio cheio ou meio vazio? Tudo depende do ponto de vista! Fazendo uma lista das coisas positivas, eu garanto que você vai se sentir feliz outra vez. Felicidade é um estado de espírito, com relação com o que acontece exteriormente! Se estiver triste, faça uma lista dos motivos que tem para se sentir agradecido!

A melhor maneira de superar um conflito é rezar e, depois, fazer uma lista de prós e contras em duas folhas de papel separadas. Garanto que assim qualquer conflito se esclarece.

Quando alguma coisa dá errado, uma das melhores maneiras de se sentir melhor é fazer um “Voto Espiritual” se comprometendo a amar incondicionalmente a si mesmo e a nunca mais permitir que essa determinada situação se repita! Com isso, você vai se sentir melhor no mesmo instante. Eu já fiz esse voto milhares de vezes em minha vida e sempre funcionou!

Outro recurso é escrever ou digitar afirmações que lhe devolvam o ânimo. Trabalhe com as afirmações de Psicologia da Alma que são bastante eficazes!

Se for possível, é muito bom “Escrever, Cantar e Repetir o Nome oi Nomes de DEUS”!

Outro recurso extremamente útil é pedir uma Rede de Platina a Melquisedeque, ao Mahatma e ao Arcanjo Metraton! Ela vai limpar os resíduos psíquicos do seu campo, permitindo que você pense com mais clareza.

Uma das práticas Espirituais que mais ajudam quando as coisas dão errado ou quando um erro cometido tem consequências negativas, é pedir que o Espírito Santo “desfaça” qualquer programação interior e qualquer situação externa que precise ser corrigida. Os poderes do Espírito Santo são miraculosos! Esse é o “Az de Espadas” que corrige, milagrosamente, todas as situações internas e externas.

Para processar com eficácia, a chave é trabalhar sempre os três níveis: supraconciente, consciente e subconsciente. Para trabalhar o supraconsciente , reze. Para trabalhar o o consciente, use “Poder Pessoal e Ação Correta”! Para trabalhar o subconsciente, recorra às afirmações, visualizações, e atitudes mentais positivas, que reprogramam a mente subconsciente, fazendo com que ela trabalhe para você!

Além disso, é bom se organizar por dentro e por fora, como já mencionei em outro capítulo deste livro! A organização vai ajudá-lo a se sentir melhor!

Outro recurso extremamente útil é estabelecer o que chamo de “Plano de Batalha Espiritual”. Quando alguma coisa não anda bem na sua vida, trace um Plano de Batalha Espiritual, que é uma lista Espiritual de tudo que é possível fazer para corrigir aquele determinado desafio ou problema.

Outro recurso é analisar o que DEUS e o Espírito Santo estão tentando lhe ensinar, Espiritualmente e Psicologicamente , nesse dia!

Outro recurso, que ajuda a processar, é escrever uma carta para a sua Poderosa Presença Eu Sou e para o Espírito Santo, contando o que está acontecendo. Seja verbalmente ou por escrito, o simples ato de falar com DEUS é sempre muito esclarecedor!

Experimente ter um “Diálogo” com aspectos seus que estejam lhe causando conflitos ou problemas. Com isso, você vai ter mais clareza e fazer muitas descobertas. Mas não esqueça de incluir o seu Eu Superior!

Diga que o Eu Superior, a mente consciente e a criança interior conversem, entre si, sobre o que está acontecendo. Esse diálogo vai ser, certamente, esclarecedor!

Pratique a canalização ou a escrita automática, que recursos muito úteis! Evoque DEUS, Cristo, o Espírito Santo, a Poderosa Presença Eu Sou ou o Eu Superior e, verbalmente ou por escrito, fale sobre seus pensamentos e sentimentos. Depois, troque de lado e deixe que eles respondam, como se você estivesse fazendo uma canalização! Você ficará surpreso com a sabedoria e a perspicácia do que lhe será transmitido!

A “Cura Atitudinal”  também é um recurso extremamente útil! Em voz alta ou por escrito, examine o que lhe vai pela mente e procure ajustar qualquer atitude ou sentimento que esteja lhe fazendo mal!

Na verdade, a meta de uma sessão de processamento é mudar a “Perspectiva”! Na vida, não existe uma única situação a respeito da qual Deus e a sua mente criativa não tenham uma perspectiva capaz de deixá-lo feliz. Até mesmo quem está numa prisão consegue descobrir maneiras de e sentir feliz! Victor Frankl estava num campo de concentração, na Alemanha, e descobriu um jeito de ficar feliz! Processar tem, coo propósito, concentrar o poder mental e Espiritual para que você retorne ao eu natural, cheio de poder, amor, alegria e lucidez. Esse eu está sempre ali, em qualquer situação da vida: basta retornar a ele. Processar é trabalhar com esse propósito, de maneira intensa e concentrada.

Outro recurso extremamente útil é aprender a guardar certas lições “na prateleira”! Ás vezes, estamos cansados demais para processar. Em outros momentos, não há tempo porque temos coisas mais importantes a fazer! Nesse caso, a chave para conseguir processar é aprender a não pensar em determinadas coisas! Por exemplo: se você não quer resolver agora um conflito que surgiu, diga a si mesmo de maneira consciente ou escreva um “programa” numa folha de papel, se propondo a não pensar naquilo até o dia seguinte! Ou diga que não vai pensar no assunto durante uma semana, duas semanas ou três meses. Quando lanço mão desse recurso, eu me sinto melhor no mesmo instante e minha mente para de pensar no assunto. E tem mais: quando chega a hora de retornar o problema, ele geralmente já se resolveu sozinho e nem era tão importante quanto parecia. Esse é um dos mais eficazes recursos que conheço! Você não precisa ficar pensando a noite inteira no que não quer e, ao mesmo tempo, mantém o respeito pela mente porque não ignora o assunto, mas apenas deixa para pensar nele depois. Esse é um dos mais fabulosos recursos, que já descobri, para manter a paz interior. Quero dar um exemplo. Digamos que eu esteja no meio de um workshop de uma semana! Surge, então, uma questão pessoal que me perturba e que exige muito processamento para se resolver. Nesse caso, como parte do processamento, eu crio um “programa” que me permite não pensar no assunto durante a semana do workshop. Eu o deixo guardado na prateleira, com o compromisso mental de tirá-lo dali num determinado momento do futuro. Isso me garante paz interior e clareza porque eu sei que,no momento apropriado, vou cumprir minhas responsabilidades interiores e exteriores. Assim, processar nem sempre significa pensar: pode ser a decisão de parar com o “Tao”. Você está começando a entender como é importante aprender a “processar eficazmente”? Quando, pela prática, você se tornar um mestre nesse processo, seus problemas serão rapidamente resolvidos! Aconteça o que for, você vai saber o que fazer para se sentir forte, capaz de amar incondicionalmente, entusiasmado e alegre! Uma das chaves é assumir 100% do poder pessoal em todas as ocasiões. Se, em algum momento, você não se sentir bem, é porque perdeu seu poder pessoal. Concentre-se, em segundo lugar, no amor por si mesmo e no amor incondicional pelos outros. Observe se está pensando com a mente Espiritual, Crística e Búdica ou com a mente ego-negativa, baseada no medo e na separação. Veja em tudo um teste Espiritual e uma lição Espiritual e não uma experiência ruim ou um problema. Tenha sempre preferências e não apegos. Não esqueça de rezar e, ao fazê-lo, tenha fé, confiança e paciência! Procure ter sempre uma atitude positiva! Mantenha a atenção em DEUS e em tudo o que é Espiritual e positivo por natureza! Ao processar, concentre-se nessas coisas!

Outro recurso de extrema utilidade é a meditação. Meditando, você recupera a sintonia com o Espírito e deixa que as coisas do mundo 3-D voltem ao seu devido lugar. A meditação é outra maneira de aquietar a mente.

Para concluir: aprenda a dominar a arte a a ciência de ser um “Processador Eficaz” no nível Espiritual e Psicológico! Tornando-se um mestre desta arte e desta ciência perdida, você vai estar quase sempre equilibrado e lúcido! Eu estou sempre animado e cheio de energia porque mantenho a mente, os sentimentos, as emoções, a energia, o corpo físico e o Espírito, nesse estado finamente sintonizado. Quando começo a escorregar, recorro a esses conhecimentos e recursos Espirituais para voltar ao ponto certo! A vida terrena pode ser uma escola difícil, mas DEUS nos deu um arsenal de conhecimentos e recursos eficazes para que sejamos “Teo-Vitoriosos” em todos os testes e lições espirituais da vida! Aprenda a dominar a ciência do processamento eficaz e ela vai lhe trazer uma “paz que excede toda a compreensão”!

 

Fonte: Capítulo 16 do livro do Dr. Joshua Dvid Stone

“COMO SE LIVRAR DE PENSAMENTOS E SENTIMENTOS DECORRENTES DO MEDO” – Um Estudo Profundo da Psicologia Espiritual – VOLUME 2