A Prática do DAR.

A motivação dessa prática é o grande amor – o desejo de que todos os seres tenham felicidade. Novamente, visualizamos todos os seres vivos ao nosso redor e pensamos: “Todos querem felicidade pura, mas ninguém tem essa felicidade. Quão maravilhoso seria se todos a tivessem. Vou agir pessoalmente para que isso aconteça”. Então, imaginamos que nosso corpo se transforma numa jóia-dos-desejos a irradiar luz para todas as direções; os raios de luz atingem cada um dos seres vivos. Ao tocar os seres que estão sofrendo nos infernos quentes, eles se transformam em água refrescante; ao tocar os seres que estão sofrendo nos infernos frios, convertem-se no calor do sol; ao tocar os fantasmas famintos, tornam-se alimentos e bebidas nutritivas; ao tocar os seres humanos, viram objetos por eles desejados; e ao tocar os deuses, assumem a forma de objetos que deleitam os cinco sentidos. Imaginamos que estamos ajudando todos os seres dos seis reinos. Quando completarmos essa visualização, pensaremos: “Agora todos estão sentindo satisfação e alegria”. Então, retemos esse sentimento na meditação posicionada. … Se fizermos essa meditação diariamente, desenvolvemos um interesse terno e amoroso por todos os que encontrarmos. … do livro: “Caminho Alegre da Boa Fortuna” – Geshe Kelsang Gyatso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s