As Leis Espirituais Universais – As Leis Básicas da Vida – A Lei da LIGAÇÃO

A Lei Espiritual da LIGAÇÃO
Você pode ter qualquer coisa que deseja na vida – mas se sua sensação de auto estima ou sua felicidade depende de tê-la, então você está “ligado” a ela.

Seja a quem ou a que estiver apegado, isso pode manipular e controlar você.

Os fios são formados entre pessoas que têm problemas não resolvidos entre si. Toda vez que você envia pensamentos ou palavras de raiva, ciúmes, dores, invejas ou necessidade de alguém, você manifesta um pequeno fio que os prendem. Um pensamento ocasional pode dissolvê-lo, mas se você constantemente enviar sentimentos negativos, os fios irão formar laços ou cordas. Estes permanecerão e te unirão até serem liberados.

Na vida, consequentemente os fios serão reativados e irá atraí-lo inevitavelmente para aqueles com quem você tenha problemas não resolvidos. Isto é para permitir que a alma tenha a oportunidade de fazer as coisas de forma diferente. Podemos estar ligados a coisas ou objetos. As energias negativas, como a ganância, o orgulho, a inveja e a necessidade, podem enviar cordas enormes a objetos como casas, carros, balanços bancários e empregos. É por isso que se chama “as armadilhas da riqueza”.

Você pode, é claro, ter uma bela casa, um ótimo trabalho e um carro adorável para dirigir – mas, se você precisa viver naquela bela casa e você precisa dirigir esse carro elegante para lhe dar status ou segurança, então isso se torna uma “armadilha”.

No que diz respeito aos relacionamentos, você tem direito a desfrutar de um relacionamento maravilhoso e amoroso com um parceiro adequado.

Desnecessário dizer que os laços com o seu parceiro são o resultado de como você é puxado de um lado para o outro emocionalmente (e psíquicamente). As relações co-dependentes te envolvem em cordas para que seja difícil se sentir objetivo sobre o relacionamento ou deixar seu parceiro. Você está ligado.

Quando um pai se torna ligado ao seu filho, torna-se difícil liberá-lo na idade adulta. Uma criança pode ser tão afeiçoada a um pai que é difícil formar e manter relacionamentos maduros e adultos com um parceiro.

A ligação é amor condicional. O amor incondicional dissolve os fios que se ligam. Se você precisa de alguém para se comportar de uma certa maneira para amá-lo, então não é amor – é apego.

Nós seguramos (e nos apegamos) a outros para o nosso bem, não deles.

Quando colocamos nossas esperanças, desejos e expectativas sobre as pessoas, elas reagem com seus próprios padrões. Quando as aceitamos como são, isso é amor.

É muito comum que uma família inteira seja enredada em laços  de co-dependência. A vergonha e a culpa te ligam às memórias e te impedem. Quando você está pronto para se perdoar por suas ações passadas, você dissolve esses cordas restritivas e a memória perde sua energia.

O perdão dissolve os laços em todos os tempos. Nossas almas desejam que nos enfrentemos e liberemos todas as nossas questões não resolvidas e aulas de vida para que possamos avançar livremente. Quando você perdoa alguém e solta totalmente o que aconteceu no passado, você liberta essa pessoa e você mesmo.

A maneira mais poderosa de liberar o apego é por intenção, visualização e amor incondicional para o eu e para os outros.

 

*
Joanne Walmsley
http://universalspirituallaws.blogspot.com.br/2010/09/spiritual-law-of-attachment.html

Um comentário sobre “As Leis Espirituais Universais – As Leis Básicas da Vida – A Lei da LIGAÇÃO

  1. Pingback: Leis Espirituais Universais – Poder Magnético

Os comentários estão desativados.